31/5/13

A atualidade da Economia Política marxista

Alfredo Saad Filho

Quando comecei a ler O capital pela primeira vez, há muitos anos, esperavaque o livro me revelasse os segredos do capitalismo mostrando coisas que, a princípio, não poderia nem imaginar. Implicitamente, eu estava tratando O capital como um livro de profecias. Claro que isso é errado. A Economia Política marxista não oferece segredos aos seus iniciados. O que ela oferece são conexões entre aspectos da realidade que outras teorias sociais tendem a analisar separadamente.

Alfredo Saad Filho
Usando a Economia Política Marxista é possível perceber relações sistêmicas entre as sociedades, dentro de cada sociedade e, através da história, tal utilização permite a explicação da existência das classes, da exploração, do progresso técnico, do imperialismo, do neoliberalismo e de toda uma série de estruturas, processos e relações que não são imediatamente evidentes. Em contraste, teorias ortodoxas (por exemplo, a economia neoclássica) utilizam modelos discretos construídos com conceitos intercambiáveis, como “bloquinhos de lego”, como se a realidade fosse uma aglomeração de elementos ligados apenas externamente e de forma contingente. Isso limita analiticamente essas teorias, tornando-as pouco interessantes.