1/1/13

Alcances e limites do conceito de sociedade civil em Antônio Gramsci

Valdenésio Aduci Mendes

O trabalho faz análise dos alcances e limítes do conceito de sociedade civil no pensamento político de Antonio Gramsci. O artigo está orientado pela seguinte questão: ¿Em qué medida as reflexões políticas de Antonio Gramsci sobre a sociedade civil e o Estado projetam alcances teóricos e estrategías para repensar o problema político do presente, ou seja, o problema da disjuntivo, entre economia e sociedade política e entre o Estado e a sociedad civil? No inicio analísa-se o concerto de Estado amplo, no qual Gramsci localiza a relação entre a força eo consenso, a relação entre
sociedade política e sociedade civil.

Neste sentido, Gramsci procura asimilar/superar a proposta da tradição hegelo-marxista, que leva-nos até o centro da crítica de Gramsci perante ao liberalismo económico, assim como ao economicismo atuante na tradição marxista. Conclue-se que o pensamento de Antonio Gramsci é atual no sentido que continua sendo referência para questionar a perspectiva neo-liberal atual, que procura separar a esfera econômica da esfera política.